FITA ADESIVA PARA PNEU TUBULAR CAROGNA 16 M - EFFETTO MARIPOSA - Labici

Mais Imagens

FITA ADESIVA PARA PNEU TUBULAR CAROGNA 16 M - EFFETTO MARIPOSA

Produto Sem estoque

SKU:CAROGNA-16
Consulte
.

Descrição

Detalhes

A fita adesiva dupla face Carogna para pneu tubular foi desenvolvida para permitir aderência perfeita entre aro (seja ele alumínio ou carbono) e pneus tubulares (em todas as variações: sem costura, feito à mão, com costura vulcanizada, etc.) em modelos de bicicleta de road, MTB ou ciclocross.

 

Características Exclusivas:

• Extremamente fácil de usar se comparadas às fitas mastic

• Adesão confiável sob qualquer condição

• Adequada para road bike e ciclocross

• Também disponível em formato de rolo de 16m, sendo indicada para oficina mecânica

 

Características:

Por que desenvolvemos a Carogna:

Começamos a desenvolver a fita adesiva dupla face para pneu tubular Carogna com um objetivo claro e ambicioso: promover um avanço em relação às fitas mastic existentes no mercado, melhorando sua aplicação e resistência ao calor.

Além disso, demos atenção às bikes de ciclocross e pneus tubulares de MTB, que exigem características especiais para a eficácia da atuação da cola.

 

Desempenho universal:

A fita Carogna foi testada e projetada para funcionar perfeitamente em qualquer tipo de material de aro, seja ele alumínio, carbono, etc., e com qualquer tipo de pneu tubular, seja ele costurado, artesanal , com costura vulcanizada, etc. Ideal para road bike, MTB ou ciclocross.

 

Propriedades adesivas específicas na borda e tubular:

A fita possui dois lados específicos da aplicação:

• Semi-estrutural e removível no lado do aro: a adesão é garantida por cola acrílica de grau industrial. Ao remover o pneu tubular (rompendo a ligação com o aro), a cola acrílica permanecerá na fita, e não no aro. O acrílico tem uma boa adesão tanto em alumínio quanto em carbono, sem requerer nenhum tipo de preparação específica da superfície onde será aplicada.

• Permanente no lado tubular: há uma camada de 1 mm de espessura de uma cola recentemente desenvolvida para aplicações subaquáticas. Essa película de cola se espalhará quando o tubo for inflado pela primeira vez, garantindo contato otimizado com qualquer geometria de fita para pneu tubular. A umidade, obviamente, não é um problema, e essa cola obtém excelente aderência a qualquer tipo de material de fita (que pode ser feita, por exemplo, de nylon, algodão, etc.) ou acabamento externo (bruto, escovado ou revestido com neoprene).

 

Ampla faixa de temperatura em uso:

Uma vez ocorrida a adesão da fita, o uso em baixas temperaturas (até -40 ° C) não é um problema. A resistência térmica de todos os materiais utilizados na fabricação da fita Carogna foi sempre uma alta prioridade: a fita Carogna proporcionará uma ligação perfeita a 150 ° C por longos períodos (horas), superando a resistência ao calor mesmo das melhores fitas mastic e excedendo amplamente a resistência ao calor de qualquer outra fita tubular.

 

Superfície adesiva otimizada:

A adesão é muito forte e uniforme em toda a circunferência do aro para todos os pneus tubulares, e também é uniforme em toda a fita tubular. 

 

Faixa de temperatura ao montar:

A variação térmica ideal para aplicação da fita Carogna está entre 21° C e 38° C (70 a 100 ° F), e após 8 horas a fita atingirá 80% de sua resistência adesiva. A aplicação da fita abaixo de 10 ° C não é recomendada. 

Recomendamos limpar superfícies (aro e fita tubular) usando álcool isopropílico.

 

Tamanhos disponíveis e largura do aro:

Carogna está disponível em:

• "S" (16,5 mm de largura)

• "SM" (20 mm de largura)

• Versões "M" (25 mm de largura), rolo para uma roda apenas (2 m).

Rolos para oficina mecânica de loja com 16 m (para 8 rodas) também estão disponíveis.

"S" é recomendado para aros tubulares tradicionais (largura externa até 20 mm), "SM" para aros com largura externa entre 21 e 24 mm, enquanto "M" é recomendado para aros com uma largura entre 25 e 28 mm.

 

Por que "Carogna"?

Em várias regiões de Itália, “Carogna” (que significa: carniça) era o antigo nome dado para os tubulares mastic, devido ao mau cheiro exalado. Carogna foi, então, o nome adotado para essa situação engraçada e comum na Itália, e o produto foi modernizado para tornar-se uma fita limpa, sem cheiro e fácil de ser aplicada.

 

A grande questão: funciona para o ciclocross?

A fita Carogna tem funcionado para aplicação em ciclocross, segundo a avaliação e testes de revistas especializadas. No entanto, seu procedimento de colagem requer maior atenção do que a exigida para road bike. 
A cola da fita Carogna é "ativada por pressão", portanto, ela adere fortemente quando é empurrada para baixo contra o aro pela pressão tubular (por esse motivo, para pneus de road bike, recomendamos colocar pressão máxima, esperando ainda um tempo antes de pedalar: a adesão atinge 80% de sua força máxima após 8 horas, e o percentual excelente de 99% após 24 horas). 

Observações importantes para o uso em Ciclogross:

1º EVITE PASSAR LIXA NO ARO

sabemos que isso é prática comum ao colar pneu tubular com fita mastic, mas a fita Carogna é diferente. A lixa criará pequenas ranhuras no aro, reduzindo a superfície de adesão eficaz para a fita. A parte interna do aro, se estiver lisa, oferecerá a superfície máxima de contato para Carogna: recomendamos remover completamente a eventual cola residual presente no aro com o removedor de Carogna antes de aplicar a fita.

 

2º A LARGURA DO CAROGNA DEVE SER CORRETA PARA O SEU ARO 
se a fita Carogna for muito mais larga do que o aro (por exemplo, Carogna "M", 25mm, em um aro de 20mm), sobrará um pouco de fita na lateral que não ficará corretamente colada ao pneu tubular /aro (isso porque o aro não é largo o suficiente e a fita não pode ser "prensada" entre o tubular e o aro). Essa área é um ponto de entrada em potencial para sujeira e lama, podendo ficar  sob aa parte colada com Carogna. Talvez isso não ocorra imediatamente, mas dentro de seu terceiro ou quarto fim de semana de corridas. É melhor cortar o eventual excesso com um cortador, antes de montar o tubular (Lennard Zinn mostra como no vídeo abaixo).

 

3º NÃO DEIXE SEU TUBULAR CONGELAR ANTES DE GRUDAR 
conforme escrito nas instruções de montagem, a faixa térmica ideal para aplicação de Carogna está entre 21 ° C e 38 ° C (70 a 100 ° F), sendo necessário 8 horas para alcance de 80% da força adesiva. A aplicação da fita abaixo de 10 ° C não é recomendada. Se é muito frio, a cola não conseguirá desenvolver ligações permanentes, como deveria acontecer. Uma vez que a adesão é definida, o uso em baixas temperaturas (até -40 ° C) não é um problema.

 

4º A PRESSÃO INFERIOR À RECOMENDADA PODE EXIGIR MAIS TEMPO PARA SER COLADA, 
já que a maioria dos tubos tubulares de ciclocross não permite uma pressão máxima muito alta, a Carogna pode exigir mais tempo antes da adesão ideal. Isso depende muito do acabamento / superfície da fita de base tubular. 
Na maioria dos casos, isso não é necessário, mas foram relatados casos em que os tubulares de ciclocross não foram colados mesmo após 8 horas ... mas a colagem foi completada de forma perfeita com o tempo adicional de mais 1 dia para acomodação, com o pneu na pressão máxima.

5º AS SUPERFÍCIES PODEM SER LIMPAS / PREPARADAS 
especialmente quando se utilizam tubos com uma fita de base de algodão bruta / fita desprotegida, deve-se ter especial cuidado com a limpeza das superfícies de colagem.

 

 A qualidade da adesão deve ser verificada esvaziando o pneu e empurrando-o suavemente para os lados. Se o tubular ainda não estiver bem seguro, esperar mais algumas horas e isso resolverá o problema.

 

Fabricado na Itália.

 

Facebook Labici

Comentários

Queremos saber sua opinião

Produto: FITA ADESIVA PARA PNEU TUBULAR CAROGNA 16 M - EFFETTO MARIPOSA